Exportação

Volume de soja e milho exportado em julho reduziu em 13%

Por outro lado, em relação ao valor monetário, a exportação de soja em julho de 2022 foi 18% superior à de julho de 2021, devido ao preço elevado do grão.

Published

on

Foto: Reprodução

Conforme os dados atualizados pela Secretaria de Comércio Exterior, o volume comercializado de soja e milho em julho de 2022 foi reduzido em 13% em comparação ao mesmo período de 2021, com cerca de 1,15 milhões de toneladas a menos exportadas para o comércio internacional. 

Por outro lado, em relação ao valor monetário, a exportação de soja em julho de 2022 foi 18% superior à de julho de 2021, devido ao preço elevado do grão. No comparativo com o mês de junho, a redução do volume exportado foi 25% inferior, com 2,48 milhões de toneladas a menos.

Para o milho, o volume comercializado em julho deste ano foi superior em 107% quando comparado ao de julho do ano passado, com cerca de 2,13 milhões de toneladas a mais exportadas para o comércio internacional. Em relação a junho de 2022, o volume exportado aumentou em 300%, com  3,13 milhões de toneladas a mais embarcadas. 

Mato Grosso do Sul 

A exportação de soja em Mato Grosso do Sul, em julho de 2022, registrou queda de 37,16% em comparação com o mesmo período de 2021, com 250 mil toneladas a menos exportadas. Já em relação ao mês de junho deste ano, o volume embarcado foi 41,76% maior, 124,65 mil toneladas a mais exportadas.

No comparativo com o mês de julho de 20221, o valor monetário de julho deste ano sofreu redução de 10% e em relação a junho de 2022, houve aumento de 41%. 

Já o milho sul-mato-grossense, em julho de 2022, apresentou uma exportação 36% maior em comparação ao mês anterior. Em valor monetário o aumento foi de 17%.

Os destinos do grão de milho sul-mato-grossense foram diversificados e com um volume enviado semelhante para cada país.

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement