Pecuária

Produtores se reúnem na Acrimat e apresentam estratégias em prol de aumentar a produção de bezerros de corte

Dentre os assuntos discutidos, também se destacou os aspectos nutricionais que tem como prioridade trazer eficiência aos pecuaristas

Published

on

Reprodução: Internet

No município de Cáceres, sudoeste de Mato Grosso, na última semana, os produtores da região se fizeram presentes em uma palestra dirigida pelo Francisco Manzi, diretor técnico da Associação dos Criadores de Mato Grosso (ACRIMAT). A reunião teve como pauta criar estratégias para aumentar a produção de bezerros de corte.

A palestra foi realizada como parte do projeto de Produção Sustentável de Bezerros, desenvolvido pela Acrimat em parceria com o IDH e Grupo Carrefour, com o intuito de fornecer ferramentas que permitam melhorar os resultados do segmento da cria nos aspectos econômicos e ambientais aos produtores de carne.

Segundo Francisco Manzi, a palestra tem como propósito debater detalhes sobre a “estação de monta”, que é uma importante ferramenta para os lucros da produção, principalmente para atingir o difícil objetivo do criador, que é atingir a meta de produzir um bezerro por ano.

“A estação de monta é o período que os reprodutores ficam com as fêmeas em reprodução para que os bezerros nasçam no período onde as matrizes possam parir na melhor condição corporal, tanto para produzirem bezerros saudáveis quanto para reconceber o mais rápido possível e seus produtos possam se desenvolver da melhor forma possível”, declara.

Dentre os assuntos discutidos, também se destacou os aspectos nutricionais que tem como prioridade trazer eficiência aos pecuaristas e todos os fatores que podem acabar por influenciar no resultado final, sendo eles, o índice de perdas gestacionais e pós nascimento, índice de prenhez, e peso para a desmama. “Com esse número em mãos o produtor pode traçar as estratégias para ser cada vez mais eficiente”, afirmou Francisco Manzi.

A proposta pretende atender propriedades no Vale do Araguaia, nas cidades de Gaúcha do Norte, Paranatinga e Ribeirão Cascalheira, além das fazendas dos municípios de Poxoréu e de Cáceres, que também abrangem o projeto.

O objetivo é aperfeiçoar a qualidade dos bezerros produzidos, possibilitar a recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP), aumentar a produtividade dentro da propriedade e, assim, garantir melhor renda para todos os agentes da cadeia.

 

Fonte: Agroplus.tv

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement