Tarifa Antidumping

África do Sul suspende tarifa antidumping sobre frango congelado brasileiro

Até o momento, o produto entrava no país africano pagando tarifas extras que variavam de 6% a 265,1%, além do Imposto de Importação. 

Published

on

Foto: Reprodução

A África do Sul suspendeu, por 12 meses, as tarifas de antidumping sobre o frango congelado brasileiro. Até o momento, o produto entrava no país africano pagando tarifas extras que variavam de 6% a 265,1%, além do Imposto de Importação. 

Autorizada pela Organização Mundial do Comércio (OMC), a imposição de tarifas antidumping, segundo o Ministério da Economia, prejudicava a competitividade do produto brasleiro no mercado sul-africano. O ministério espera que a suspensão temporária das tarifas se torne definitiva. 

No ano passado, as exportações brasileiras para a África do Sul superaram US$ 1 bilhão, dos quais cerca de 17% corresponderam às exportações de frango congelado. A produção brasileira é importante tanto para a garantia da segurança alimentar quanto de distribuição e de elevação dos preços. 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement